Mil e Uma X25 O vírus, a bola de tênis e o ser humano: Uma Regra de Três Simples

Em muitas imagens, o coronavírus parece uma bola de tênis espinhosa. Proporcionalmente, se o vírus fosse do tamanho de tal bola, qual seria a altura de um ser humano?

Calculemos. Um minúsculo vírus está para a bola de tênis assim como um ser humano está para o “monstro” cuja altura queremos determinar.

Outro modo de pensar seria: um vírus está para um ser humano assim como a bola estaria para o “monstro”

O tamanho do vírus varia entre 20 e 300 nanômetros; um nanômetro é igual a 10-9m. Para simplificar, consideremos um vírus de 160 nanômetros, e um ser humano de altura 1, 60m. A razão altura do ser humano/tamanho do vírus é igual a 1,60m/160.10-9m, ou seja, é igual a 107.   Esta também deverá ser a razão entre a altura do “monstro” e o diâmetro da bola, que vamos aproximar por 8cm, ou 8.10-2m.

Logo, a altura x do “monstro” seria igual a 107 vezes o tamanho da bola, ou seja, x =   107. 8.10-2m = 800km.

Em palavras: a bolinha de tênis seria como um vírus em um ser humano de 800km de altura.

                                                           *****

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *