Category Archives: Mattemas

Mattemas #73 – POEMA/TEOREMA

No poema ou no teorema

O rigor merece zelo

Mas o que chama a atenção

Num caso é a emoção

No outro, o modelo…

Mattemas #72 – INTERVALOS

Se um intervalo mínimo nos separa

Nossas diferenças ficam por um fio

Tais diferenças, porém, são vitais

Ou entre nós se instala o vazio.

Mattemas #71 – CICLÓIDE

A ciclóide anuncia

Uma doce rebeldia

Uma contida revolta:

Em seu vôo de galinha

Decola bem decidida

Mas logo volta…

Mattemas #70 – LEI DOS GRANDES NÚMEROS

A Lei dos Grandes Números

Com elegância

Releva minha

Insignificância.

Mas, e as exceções?

Não há regra sem…

Quem sabe não sou uma

Também…

Mattemas #69 – MATEMÁTICO POETA

Se a matemática fosse um barco

“Se p, então q” seria o motor.

(O matemático é um fingidor.)

Mattemas #68 – DÍZIMAS

Quando se explicam, são muito diferentes:

As dízimas periódicas são cansativas

Os irracionais, surpreendentes…

Mattemas #67 – ANALÓGICO/DIGITAL

Conspiração literal:

Nada é mais analógico

Que uma impressão digital…

Mattemas #66 – PERPENDICULARIDADE

Concorrência sim, mas com eqüidade

Eis a perpendicularidade.

Mattemas #65 – VERDADEIRO/FALSO

 O Verdadeiro e o Falso foram acusados

Do pecado da aproximação indevida.

Expulsos do paraíso matemático,

Caíram na vida.

Mattemas #64 – ARITMÉTICA/ROBÓTICA

A Aritmética copulou com a Robótica

Nasceu a Dízima Periódica.